A Bungie bloqueou um dos primeiros jogadores a concluir um ataque atualizado do Vault of Glass depois que seu nome de usuário apareceu na primeira página de relatório de ataque do mundo.

Enquanto o Clã Elysium foi a primeira equipe do mundo a completar a nova raid em 1 hora 43 e 55 segundos, a Equipe 2 foi listada em O primeiro no mundo A página – que encerrou a operação em duas horas, 24 e 16 minutos – tem apenas cinco nomes listados.

Isso ocorre porque a sexta pessoa, que usa a tag de jogador #BlackLivesDontMatter, foi bloqueada e removida da lista posteriormente.

Este conteúdo está hospedado em uma plataforma externa, que só o exibirá se você aceitar os cookies direcionados. Ative os cookies para exibição.

Depois de ser informado do nome, o Gerente de Comunidade Sênior Dylan Gaffner disse: “Isso viola nosso Código de Conduta” e confirmou: “O jogador em questão será banido” (Obrigado, jogos de computador)

No entanto, o jogador mais tarde dobrou o insulto e mudou seu nome de perfil do Steam novamente, desta vez para “Pare de chorar, eles não param.”

Este conteúdo está hospedado em uma plataforma externa, que só o exibirá se você aceitar os cookies direcionados. Ative os cookies para exibição.

ICYMI, A primeira amostra oficial de Destiny 2 chega para jogo cruzado na próxima semana, Então Reprodução acidental recentemente, depois desligue novamente. De 25 a 27 de maio, a Bungie publicará uma lista de reprodução de demonstração crossplay Vanguard Strikes para testar o que funciona e ver o que não funciona.

Qualquer pessoa no PlayStation, Steam, Xbox e até mesmo no Stadia pode participar. Toque três sucessos na lista de reprodução e você obterá um logotipo especial para o seu problema, embora ainda não seja capaz de adicionar amigos ou formar equipes de fogo para esta atividade.

By Dinis Vicente

"Nerd de TV. Fanático por viagens. Fanático por mídia social aspirante. Defensor do café. Solucionador de problemas."

Leave a Reply

Your email address will not be published.