Althahbiah

Informações sobre Portugal.

Reconhece a falha no Facebook Messenger e Instagram, pede desculpas e diz que já foi resolvido

Quando há uma interrupção dos serviços do Facebook (dono do Instagram e do WhatsApp), é difícil para qualquer pessoa notar, até porque o Facebook tem mais de 7 milhões de utilizadores em Portugal, e o Instagram tem 4,5 milhões (dados estatísticos). Esta é uma indicação clara de como o serviço é visto como utilizado pela maioria, mas também pode verificar críticas ao monopólio das autoridades europeias sobre a empresa de Mark Zuckerberg.

Esta manhã foram os serviços de notícias ligados ao Facebook – A exceção é o WhatsApp, que criptografa mensagens há muito tempo – e abaixo, os usuários não conseguem enviar ou receber mensagens desde as 9h30.

Em resposta ao Dinhiro Vivo, um porta-voz oficial do Facebook reconheceu o problema. “Esta manhã, algumas pessoas tiveram problemas para enviar e receber mensagens no Messenger, Instagram ou no chat do local de trabalho”, explica a empresa, acrescentando: “O problema foi resolvido. Pedimos desculpas por qualquer inconveniente”.

Embora a TV tenha perguntado, ela não indica quais são as causas do problema, que é a aceleração digital causada pela epidemia (com mais usuários online) em um momento em que os ataques cibernéticos estão aumentando em todo o mundo.

Pode estar relacionado ao processo que o Facebook já anunciou a integração entre seus serviços de notícias há vários meses. Embora o WhatsApp tenha mensagens criptografadas há muito tempo, o Messenger e o Instagram ainda não as possuem e já iniciaram o processo de sincronização entre as mensagens para que o Messenger possa responder a uma mensagem encontrada no Instagram, por exemplo.

READ  Ensino doméstico - tempo reflexivo e gentil!