Portugal anunciou a suspensão “preventiva” da vacina Astrogenogia Covit-19, juntamente com outros países europeus, incluindo França, Alemanha, Itália e Espanha, após relatos de que foi vacinada contra a leucemia.

“As autoridades de saúde de Poitiers decidiram hoje interromper o uso da vacina AstraZeneca contra Covit-19 por razões de precaução e saúde pública”, disse a Comissão Nacional de Saúde de Portugal em um comunicado na segunda-feira.

De acordo com a Autoridade Nacional de Saúde, a decisão foi tomada “devido a relatos de coágulos sanguíneos na população vacinada”.

A decisão foi tomada apesar das garantias da Coalizão de Vacinas e Imunizações do Reino Unido (JCVI) de que a segurança da vacina foi “severamente testada”.

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) disse na segunda-feira que os benefícios da vacina astrogênica superam os riscos e que o número de pessoas que desenvolvem coágulos sanguíneos após a vacinação não parece ser maior do que a população em geral.

A empresa disse em uma reunião de emergência na quinta-feira que “qualquer ação adicional precisa ser tomada”.

By Dinis Vicente

"Nerd de TV. Fanático por viagens. Fanático por mídia social aspirante. Defensor do café. Solucionador de problemas."

Leave a Reply

Your email address will not be published.