Portugal é um lugar muito melhor para as mulheres trabalhadoras do que os Estados Unidos, de acordo com o Índice de Teto de Vidro de 2022 da The Economist, divulgado esta semana para coincidir com o Dia Internacional da Mulher.

O GCI é uma avaliação anual de onde as mulheres têm as melhores e piores chances de igualdade de tratamento no trabalho em países que são membros da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

De acordo com um comunicado de imprensa, o GCI coleta dados sobre ensino superior, participação na força de trabalho, salários, custos com creches, direitos de maternidade e paternidade, inscrições em escolas de comércio e representação em empregos seniores para criar um ranking de 29 países na Organização para Cooperação Econômica e Desenvolvimento.

O índice deste ano mostra pelo segundo ano consecutivo que a Suécia é o melhor lugar para trabalhar se você for mulher, seguida pela Islândia, Finlândia, Noruega e Portugal.

By

Leave a Reply

Your email address will not be published.