Althahbiah

Informações sobre Portugal.

O toque de recolher obrigatório entrou em vigor na Madeira hoje

O toque de recolher entrou em vigor durante a noite na região autônoma de Madira e vai continuar até 15 de janeiro, disse o administrador regional, acrescentando que a mudança foi o resultado de um aumento no número de casos Govt-19.

“Enquanto estiver em vigor o estado de emergência ou existindo bairros de alto risco, o trânsito nas vias públicas da Região Autónoma da Madeira está proibido das 23h00 às 5h00”, afirmou em comunicado após reunião extraordinária do conselho, no Funchal, segunda-feira.

O Administrador da Coalizão PSD / CDS-PP esclarece que esta medida entrará em vigor em 5 de janeiro de 2021 às 00:00 e entrará em vigor em 15 de janeiro de 2021 até às 23:59

De acordo com os dados mais recentes, o arquipélago de Madras, com uma população de cerca de 267 mil, regista 876 epidemias ativas, com um total de 2.110 casos confirmados desde 16 de março de 2020, e 16 óbitos.

A proibição de movimento inclui algumas exceções, como profissionais de saúde ou de trabalho e agências de saúde e de apoio social e agentes de defesa civil, militares, inspetores da autoridade regional para atividades econômicas (ARAE) e forças de segurança. .

Ministros de adoração e funcionários de missões diplomáticas e diplomáticas também são deixados em circulação.

Viagens também são permitidas por motivos de saúde; Acolhimento emergencial de vítimas de violência doméstica ou tráfico de pessoas; Assistência a pessoas vulneráveis ​​ou pessoas com deficiência; Cumprindo responsabilidades parentais; E atendimento médico-veterinário de emergência.

Os jornalistas são deixados em circulação e as pessoas que viajam de e para o aeroporto podem viajar, desembarcar ou fazer viagens curtas e animais de estimação.

O governo regional, liderado pelo social-democrata Miguel Albuquerque, por outro lado, decidiu reforçar os limites das reuniões e outros eventos para cinco pessoas, nas vias públicas, nos intervalos de carácter comercial e de restauração, onde costumam pertencer ao mesmo agregado familiar.

READ  Arábia Saudita proíbe viajantes de Portugal

Bares e restaurantes fecham às 22h30.

O Conselho de Estado de Madras também decidiu retomar gradativamente as aulas em quatro municípios da região autônoma após o feriado de Natal, devido ao aumento do número de casos de Govt-19 nos últimos dias.

“O início das actividades de ensino presencial nos concelhos do Funchal, Semara de Lopos, Ribeirão Bravo e Porto Santo será progressivo, e a reabertura de estabelecimentos de ensino / ensino públicos e privados resultará na testagem de docentes e não docentes”, refere em comunicado.

O gestor decidiu suspender as visitas aos lares de idosos até 15 de janeiro e “limitar” a circulação dos funcionários entre as empresas, e avançou “minimizando” as tarefas presenciais na administração pública, optando pelo teletrabalho.

Por outro lado, determinou que todos os passageiros que desembarquem no Aeroporto do Porto Santo sejam submetidos a um teste de rastreio Covit-19 PCR e sejam mantidos em casa ou em hotel até à obtenção de resultado negativo.

A mudança entra em vigor no dia 6 de janeiro e aplica-se a todos os que trabalham com imigrantes, imigrantes, repatriados de férias e residentes, até que a ligação marítima entre as ilhas seja suspensa devido à manutenção dos navios.