Um novo desenho animado derivado de Rick e Morty gerou uma nova teoria dramática sobre o sucesso da animação adulta.

A teoria postula que o personagem principal Rick Sanchez ( Justin Roiland ) e seu neto crédulo Morty (também Roiland) são de fato a mesma pessoa.

A hipótese decorre do recente Rick e Morty vs Genocider, um curta de animação feito pela Deen Digital, que muitos consideram parte do cânone da série.

Genocider vê Rick e Morty em estilo anime enfrentando um ataque de uma raça de parasitas alienígenas, que se parecem com o personagem secundário, Sr. Poopybutthole.

Durante uma batalha terrível, Rick dá a Morty uma poção especial que concederá poderes a seu neto “Rip Van Winkle” dando-lhe a capacidade de dormir por um longo tempo desumanamente sem morrer.

Rick chama Morty de “Rick Sanchez”, enquanto os rostos dos dois se sobrepõem no quadro. Rick então passa a se transformar em uma versão superpoderosa de si mesmo e morre lutando contra os inimigos, deixando Morty envelhecer.

No final do curta, “Rick” recebe um telefonema, avisando que Morty nasceu. Ele então bebe outra poção, dando a ele todas as memórias de Rick, e permitindo que ele viva o resto de sua vida como Rick.

Além disso, este novo “Rick” é visto bebendo a poção de seu frasco de quadril familiar, sugerindo que o Rick visto em Rick e Morty tem se re-dosado regularmente para manter a ilusão.

Rick e Morty frequentemente apresentam enredos de ficção científica de alto conceito. Enquanto a revelação de Genocider estaria de acordo com a disposição da série de brincar com sua própria cronologia, ela, no entanto, constituiria uma grande revisão da premissa fundamental da série.

A teoria pode ser abordada na próxima quinta temporada de Rick e Morty, que potencialmente deve ir ao ar ainda este ano.