A Câmara Municipal do Porto anunciou que as novas regras relativas ao acesso automóvel às zonas restritas entrarão em vigor a partir de 16 de janeiro, nomeadamente as ruas de Santa Catarina, Cedofita, Flores e Ribeira.

Uma nota publicada pela Câmara Municipal do Porto no seu site esclarece que ao abrigo das novas regras das zonas de controlo de trânsito, o acesso aos residentes foi “flexibilizado” e a “janela horária” de carga e descarga foi “alargada”.
“Os motoristas que têm que entrar nessas zonas têm até o dia 15 para vir [of January] É obrigatório o registo na plataforma do ZAACPporto.”

A delimitação das zonas de acesso automóvel condicional (ZAAC) surgiu em 2018 com o objetivo de “aumentar o fluxo e a concentração de pessoas nas zonas de maior procura da cidade, em termos de comodidade e condições de segurança”. Centro histórico e a maioria das ruas comerciais e turísticas.

Entre as alterações introduzidas na regulamentação destas zonas, a autarquia demonstra que os residentes ou comerciantes podem aceder a estas zonas a qualquer hora durante 30 minutos sem parar.

O horário de entrada para operadores de carga e descarga e logística foi alargado e estes serviços passam a oferecer alojamento gratuito das 00h00 às 11h00 e das 21h00 às 24h00 durante 30 minutos.

“Se o tempo de permanência nos ZAACs ultrapassar o prazo previsto, será aplicada multa de 7,7,50, mas o município não cobrará a taxa pretendida”, afirma a nota.

Alterações implementadas na sequência de um processo de participação calculada com a participação de residentes, comerciantes e União de Freguesias do Centro Histórico do Porto.

O sistema operativo ZAACPporto foi criado com o objetivo de garantir a rapidez no processo de autorização de acesso a áreas restritas e acessíveis via web ou aplicação.

Para o webinar, que decorre na segunda-feira, 10 de janeiro, das 14h00 às 14h30, os interessados ​​podem inscrever-se através do link no site da Câmara Municipal do Porto.

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published.