Ministro da Economia da Argentina realiza reunião bem-sucedida com o ministro da Economia do Brasil como parte de sua missão de reconstruir os laços com o Mercosul

Segunda-feira, 11 de outubro de 2021 – 09:52 UTC


Artigo completo

Cafiero se reuniu na semana passada com seu homólogo uruguaio antes de sua missão ao Brasil
Cafiero se reuniu na semana passada com seu homólogo uruguaio antes de sua missão ao Brasil

O chanceler argentino Santiago Cafiero, o embaixador Daniel Scioli e o ministro do Desenvolvimento Produtivo Matías Kulfas se reuniram sábado em Brasília com o ministro brasileiro da Economia, Paulo Guedes, para aprofundar os novos laços econômicos entre os dois países

Também esteve presente no encontro Reinaldo Salgado, atual embaixador do Brasil em Buenos Aires.

O encontro ocorreu após vários meses de tensões entre os dois países, que começaram a diminuir após o encontro de sexta-feira entre Cafiero e seu colega brasileiro Carlos Alberto Franco Franca no Palácio do Itaramaty, quando foi acordado um corte de 10% nas Tarifas Externas Comuns do Mercosul, no que foi considerado um bom sinal de reaproximação, principalmente considerando a postura dura de Guedes contra o presidente argentino Alberto Fernández.

Durante a reunião de 45 minutos, foi discutido o fornecimento de gás argentino de Vaca Muerta por gasoduto, entre outros assuntos bilaterais, e Guedes teria destacado o acordo prévio da CET.

Os dois maiores parceiros do Mercosul agora precisam convencer o Uruguai e o Paraguai a se unirem à redução gradual da TEC, conforme planejado por Jorge Neme, ex-secretário de Relações Econômicas Internacionais da Argentina que se tornou vice-chefe de gabinete após a última remodelação. O Brasil pretendia que a redução fosse drástica – 50%.

Cafiero foi encarregado de reconstruir os laços do presidente Fernández com o Mercosul e no início da semana passada também se encontrou com o chanceler uruguaio Francisco Bustillo, cujo país anunciou abertamente que buscaria acordos comerciais individuais com outros blocos ou países, independentemente do Mercosul encontrado Tratado de Assunção que o proíbe.


By

Leave a Reply

Your email address will not be published.