Alibaba, ByteDance, Huawei, Xiaomi e Lenovo são as principais marcas chinesas com influência global, de acordo com um relatório divulgado pelo Google e Kantar na segunda-feira.

Eletrônicos de consumo, jogos móveis, eletrodomésticos e comércio eletrônico encabeçam a lista com as pessoas que usam mais ferramentas e serviços digitais, pois a pandemia as obrigou a ficar em casa, de acordo com o relatório.

O relatório chinês Global Brand Makers de 2021 abrangeu 860.000 consumidores em 11 países e regiões, usando dados do Google e do YouTube.

As pesquisas de marcas chinesas aumentaram 66 por cento nos últimos 12 meses no Google e no YouTube em mercados emergentes na Índia, Indonésia, Brasil e México. Em comparação com os mercados maduros, disse o Google durante uma conferência online, as marcas chinesas têm mais oportunidades e modelos de negócios flexíveis nessas áreas.

A lista também incluiu Oppo, Haier, Hisense, Air China, Tsingtao, DJI e China Eastern no top 20, que abrange smartphones, eletrodomésticos, transporte aéreo e bebidas.

Os jogos para celular mostraram um rápido crescimento à medida que as pessoas gastavam mais tempo em entretenimento digital. As empresas listadas incluem FunPlus, Lilith, MiHoYo, Yoozoo, IGG e 37Games.

O Genshin Impact, um carro-chefe da loja de aplicativos da Apple e do Google Play, ajudou a MiHoYo, de Xangai, a entrar no 22º lugar entre as 50 principais marcas.

O Alibaba é o primeiro lugar da lista. Em junho, tinha mais de 1 bilhão de consumidores ativos, cerca de 20% dos mercados estrangeiros.

Trip.com está em 50º lugar na lista, ante 42º no ano anterior. A plataforma de turismo anunciou um plano de expansão global, mas enfrentou desafios durante a pandemia.

By Dinis Vicente

"Nerd de TV. Fanático por viagens. Fanático por mídia social aspirante. Defensor do café. Solucionador de problemas."

Leave a Reply

Your email address will not be published.