Já estão abertas as inscrições para a segunda série da Future Females Business School, programa oferecido pela missão diplomática do governo britânico no Brasil por meio do Tech Hub Reino Unido-Brasil. O programa é gratuito, disponível online, e terá início no dia 14 de junho. Na primeira edição, o programa apoiou 55 fundadores de startups.

O segundo semestre terá aulas de português e criará 50 vagas para empresários brasileiros que tenham negócios de base tecnológica com impacto socioambiental positivo. O programa dura 12 semanas e oferece treinamento, orientação e comunicação para que mulheres empresárias possam iniciar e expandir seus negócios digitais com impacto global.

A segunda edição do programa será disponibilizada em português com vídeos, questionários, apostilas, mentoria, reuniões e todos os recursos disponíveis para quem não fala inglês.

As mulheres estão sub-representadas no ecossistema brasileiro de tecnologia e inovação. De acordo com a Associação Brasileira de Startups, apenas 12,6% das startups brasileiras têm mulheres entre os fundadores e 26,9% das startups brasileiras não têm mulheres no time.

Além disso, apenas 3% das PMEs brasileiras acessam mercados internacionais, de acordo com o Global Entrepreneurship Monitor, que exclui a grande maioria dos empresários brasileiros dos benefícios de aumento de produtividade, competitividade e receita. O programa Future Females Business School ajudará as mulheres brasileiras a mudar esses números, conectando empreendedores com uma rede global de apoio de fundadores, mentores, investidores e especialistas para o mesmo propósito.

O primeiro lote da Future Females Business School no Brasil recebeu inscrições de mais de 700 iniciativas de tecnologia lideradas por mulheres de todas as regiões do Brasil e além. As 55 startups credenciadas atuam em diversos setores, como: agtechs, edtechs, fintechs, varejo e e-commerce, economia criativa, tecnologia em saúde, HRtechs, lawtechs, climatechs e serviços.

A maioria das empresas começou entre 2019 e 2020 e tem até 20 clientes. Durante as 12 semanas do programa, os participantes avançam seus negócios globais, apoiados por uma comunidade de mulheres empresárias que criam um espaço seguro para compartilhar conhecimentos, dúvidas e objetivos. Foram realizados mais de 100 treinamentos individuais e 32 sessões de orientação em grupo.

“O grande sucesso da primeira categoria do Programa Mulheres do Futuro no Brasil nos inspira a continuar apoiando mais mulheres brasileiras por meio da adoção de tecnologias de impacto. Os desafios urgentes que enfrentamos no país e no mundo só serão resolvidos quando mais mulheres vierem tomar decisões, propor soluções. Perspectivas diferentes ”, afirma Andrea Motta, diretora do UK Brazil Tech Hub.

Para quem é este programa?

O programa é ideal para empresários brasileiros que têm uma ideia ou negócio de base tecnológica em estágio inicial que crie um impacto social ou ambiental positivo e aborda questões sociais como pobreza, desigualdade e / ou questões ambientais, como as relacionadas às mudanças climáticas .

O programa é abrangente, e mulheres transexuais e não bissexuais são incentivadas a se inscrever. Também recebemos fundadores e fundadores que apoiam o empreendedorismo digital feminino. Brasileiros residentes em qualquer região podem se inscrever e incentivamos a inscrição de mais mulheres das regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e de cidades rurais fora das capitais brasileiras.

Ou nem é um programa?

O programa tem duração de três meses e consiste em 10 módulos que levam empreendedores em uma jornada para iniciar e expandir negócios digitais com impacto global. Os participantes aprenderão como escrever um plano de negócios eficaz, como encontrar e alcançar clientes ideais e como usar a tecnologia para construir e alcançar sua presença digital. O programa também apresenta especialistas convidados – empreendedores em série, CEOs e mentores – que cobrem tópicos críticos de desenvolvimento pessoal, como superar o medo do fracasso e como descobrir sua verdadeira paixão.

O programa está disponível online e, ao final, haverá um evento virtual de graduação, onde serão entregues os certificados de aproveitamento e todos os participantes poderão se comunicar e comemorar suas conquistas e trabalhos!

Qual é o centro de tecnologia entre o Reino Unido e o Brasil?

O Centro de Tecnologia Reino Unido-Brasil faz parte do programa de cooperação Brasil-Reino Unido em acesso digital. O Centro de Tecnologia Reino Unido-Brasil tem como objetivo apoiar o desenvolvimento de ecossistemas brasileiros para tecnologias de impacto por meio de habilidades digitais e treinamento em empreendedorismo, inclusão digital e apoio ao crescimento de startups “Tecnologia para o Bem”. O hub de tecnologia Reino Unido-Brasil faz parte da rede International Technology Hub (ITHN) que também opera na África do Sul, Nigéria, Quênia, Indonésia e Israel.

Quem são as mulheres do futuro?

Mulheres do Futuro é um movimento criado para aumentar a quantidade e o sucesso de mulheres empresárias de tecnologia no mundo. Desde a sua criação em agosto de 2017 na Cidade do Cabo, África do Sul, cresceu exponencialmente. Atualmente, ela se orgulha de sua presença em 36 localidades ao redor do mundo, hospedando eventos regulares para sua comunidade compartilhada de mais de 80.000 membros e oferecendo programas de treinamento, como a Future Females Business School.

Como aplicar?

O cadastro é feito por meio de um formulário onde são divulgadas informações sobre o negócio. Os candidatos aprovados nesta primeira fase serão convidados para uma entrevista individual com um membro da equipe do programa. Essa entrevista ajudará a validar a ideia e o direcionamento do negócio, garantindo que o programa seja o mais adequado para os candidatos.

By Dinis Vicente

"Nerd de TV. Fanático por viagens. Fanático por mídia social aspirante. Defensor do café. Solucionador de problemas."

Leave a Reply

Your email address will not be published.