Espaçonave Cygnus será lançado na próxima sesta-feira

Imagem: NASA

Três meses depois de entregar várias toneladas de suprimentos e ciência à Estação Espacial Internacional, a nave de carga Cygnus da Northrop Grumman partirá do complexo às 14:10 (Horário de Brasília) da próxima sexta-feira, 8 de fevereiro. A cobertura ao vivo começará às 13:45 da NASA Television e no site da agência.

Engenheiros de vôo da Expedition 58, Anne McClain da NASA e David Saint-Jacques da Agência Espacial Canadense usarão o braço robótico Canadarm2 da estação para liberar a Cygnus depois que os controladores de terra soltarem a espaçonave da porta do módulo Unity e manobrá-la até o lançamento posição.

Cygnus vai sair da estação com 5.500 libras de lixo e realizar uma missão estendida por cerca de duas semanas. A espaçonave irá manobrar para uma altitude mais alta, onde um implantador externo CubeSat, desenvolvido pelo parceiro da indústria NanoRacks para fornecer maior acesso comercial ao espaço, lançará dois CubeSats em órbita. Cygnus então se moverá para uma órbita mais baixa para implantar um terceiro CubeSat, o KickSat-2, que transporta 100 minúsculos satélites chamados femtosatélites.

Os femtosatélites incluem um sistema de energia, sensor e comunicação em uma placa de circuito impresso que mede 3,5 por 3,5 cm, com uma espessura de alguns milímetros e uma massa de menos de 3,5 onças. Essas implantações demonstram atividade comercial adicional e avanços tecnológicos possibilitados pelas parcerias forjadas através do laboratório em órbita e o potencial para oportunidades futuras.

Cygnus está programado para se depor em 25 de fevereiro e entrar na atmosfera da Terra, queimando inofensivamente sobre o Oceano Pacífico. Não haverá cobertura televisiva do Deorbit de Cygnus.