Althahbiah

Informações sobre Portugal.

Curiosity Rover da NASA captura nuvens brilhantes em Marte

Os dias nublados são raros na fina e seca atmosfera de Marte. As nuvens são geralmente encontradas no equador do planeta na época mais fria do ano, quando Marte está mais distante do Sol em sua órbita elíptica. Mas um ano marciano completo – dois anos na Terra – os cientistas notaram nuvens se formando sobre a espaçonave Curiosity da NASA mais cedo do que o esperado.

Este ano, eles estavam prontos para começar a documentar essas nuvens “precoces” desde o momento em que apareceram pela primeira vez no final de janeiro. O que resultou são imagens de torresmos cheias de cristais de gelo que dissipam a luz do pôr do sol, alguns deles cintilando com cores. Mais do que apenas exibições impressionantes, essas imagens ajudam os cientistas a entender como as nuvens se formam em Marte e por que essas imagens recentes são diferentes.

Na verdade, a equipe do Curiosity já fez uma nova descoberta: as primeiras nuvens estão, na verdade, em altitudes mais altas do que o normal. A maioria das nuvens marcianas não paira mais do que 60 quilômetros no céu e consiste em água gelada. Mas as nuvens fotografadas pelo Curiosity estão em uma altitude mais elevada, onde faz muito frio, indicando que provavelmente são feitas de dióxido de carbono congelado, ou gelo seco. Os cientistas estão procurando pistas sutis para determinar a altura das nuvens, e uma análise mais aprofundada será necessária para confirmar quais das imagens recentes do Curiosity mostram nuvens de gelo de água e quais mostram gelo seco.

READ  Quatro astronautas a bordo da cápsula SpaceX de Elon Musk na Estação Espacial Internacional