Althahbiah

Informações sobre Portugal.

Crítica de ‘Marighella’: Batalha pelo Brasil

Em 2018, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro Anunciar Ele quer “um Brasil semelhante ao que tivemos há 40 ou 50 anos” – uma referência à época da ditadura militar do país, que viu censura violenta e tortura de dissidentes.

Este contexto contemporâneo ressalta a grande urgência de “Marigella”. Dirigido por Wagner Mora (protagonista da série Narcos da Netflix), narra os últimos anos de Carlos Marigela, um revolucionário marxista que liderou a luta armada contra a ditadura nos anos 1960. Com um estilo de animação dramático que lembra a “Batalha da Argélia”, e close-ups conflitantes de olhos e rostos ferozes, o filme não é apenas uma biografia histórica – é uma provocação.

E instale um também. Seu Jorge interpreta o carismático Marighella, que conhecemos enquanto lidera um grupo de jovens extremistas no roubo de um trem com armas. Em um flashback, ficamos sabendo que Marigela foi expulso do Partido Comunista devido ao seu compromisso implacável com a guerra de guerrilha. “Olho por olho” é o slogan de sua célula, citado ao longo do filme.

O grupo luta para se equilibrar no limite dessa frase. Marigella arava com elegância em roubos, confrontos e tiroteios cada vez mais sangrentos, com o sádico policial Lúcio (Bruno Gagliasso) nos resíduos dos pistoleiros. No entanto, o texto se presta ao debate ideológico espirituoso e substancial, que é entregue na forma de balas claras para o diálogo por um elenco sólido e unificado.

A esposa de Marigela, Clara (Adriana Esteves), disse a ele: “Eu sou sua companheira”. “Mas não me faça seu parceiro. Não me peça permissão para sair daqui e morrer.” À medida que as tragédias aumentam, o filme de Mora se transforma em um lamento – não tanto para Marigella, mas um ideal consumido pelos brinquedos caros de sistemas imundos.

READ  Affleck and Anna de Armas' Breakup after Nearly One Year of Dating: Report

Marigella
não classificado. Em português, com legenda. Duração: 2 horas e 35 minutos. Assista em cinemas virtuais.