Portugal internou hoje mais 61 pessoas com Covit-19, num total de 1.449, 26.419 novos casos e 22 mortes nas últimas 24 horas.

Nas unidades de terapia intensiva, 150 pessoas foram internadas no hospital, três a menos do que no sábado.

As novas infecções diárias caíram de 31.541 no sábado para 26.419, com um total de 1.639.846 casos confirmados desde o surto em Portugal.

Destes, 273.961 estavam ativos (15.639), 1.346.772 foram resgatados (10.758) e 19.113 estavam mortos (22), 224.673 contatos estavam sob vigilância, um aumento de 6.404 em relação ao sábado.

Das 22 mortes, 11 ocorreram na região de Lisboa e Vel Tojo, quatro no norte e duas no centro, uma em Allendejo e Algarve e Madeira.

A Covit-19 é mais perigosa para homens (10.053) do que para mulheres (9.060) e continua a afetar pessoas com mais de 80 anos (aproximadamente 12.000), com idades entre 70 e 79 (aproximadamente 4.000) e 60 a 69 anos. (cerca de 2.000).

Por região, Lisboa e Valdo Tejo registam o maior número de casos confirmados de Covit-19 (651.818), com 11.370 novos casos nas últimas 24 horas, seguidos de 594.998 (+9.516) no Norte, 224.191 (+) 2.640) em o centro, e Alcarve 65.904 (+698) e Allendez 56.094 (+885).

Das regiões autónomas, a Madeira tem 31.969, das quais 1.024 apareceram nas últimas 24 horas, e os Açores 14.872 (mais 286).

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published.