A estatal Aer Rianta International (ARI) vai operar o varejo em Lisboa, Faro e seis outros aeroportos portugueses em um acordo anunciado na quinta-feira.

A ANA Airportos de Portugal nomeou a ARI, do grupo de aeroportos do Estado DAA, como seu parceiro para a gestão de lojas duty free e duty paid em oito localidades.

A partir de 1 de junho a empresa irlandesa vai gerir 34 lojas, num total de 9.500 m2, durante sete anos, numa joint venture com a operadora portuguesa. As instalações incluem as principais lojas duty-free, outlets satélites, moda e beleza nos aeroportos de Lisboa, Faro, Porto, Madeira e Açores.

A ANA Airports Portugal gere os 10 maiores aeroportos do país. Faz parte da operadora global Vinci.

Ray Hernan, presidente-executivo da ARI, disse que anunciar uma vitória significativa no contrato à medida que as viagens emergiam da pandemia era uma homenagem a toda a empresa.

Thierry Ligonnière, executivo-chefe da ANA, explicou que o grupo queria um parceiro com experiência comprovada em compras em aeroportos.

Nuno Amaral, diretor de desenvolvimento de negócios da ARI, previu que o negócio desenvolveria uma “grande proposta de varejo em Portugal”.

A Vinci opera 53 aeroportos em 12 países da Europa, Ásia e Américas. Seus negócios incluem o Aeroporto da Cidade de Belfast.

A ARI abriu a primeira loja duty-free de aeroporto do mundo em Shannon em 1947. Ela emprega mais de 3.000 pessoas e possui ou administra negócios de varejo em aeroportos ao redor do mundo.

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published.