Althahbiah

Informações sobre Portugal.

Acabar com o estilo de vida sedentário em 2021! Dê uma olhada nos exercícios para fazer em casa

Devido às medidas de isolamento social, a epidemia proibiu o exercício de muitos brasileiros. Isso levou a outro inimigo da saúde: um estilo de vida sedentário. Prejudicial para o corpo e para a mente, a nova realidade provou que era muito difícil para as mães, que cuidavam muito de si entre o trabalho e o home office e não tinham tempo para se cuidar. É daí que geralmente vêm as videoaulas de atividade física, ganhando mais fãs durante os meses isolados.

Sarah Strabason, 31, queria lidar com o estresse e a baixa autoestima quando descobriu as aulas virtuais de educação física. Mãe de dois filhos – Marco Aurélio, 12, e a pequena Laura, 1 – constatou que a saúde da assistente financeira piorava com o peso do trabalho doméstico e do trabalho a distância. Ela também sentiu um desconforto no corpo depois de uma cesariana há alguns meses.

– Me comportar com uma criança no meio de uma epidemia me fez esquecer disso. Eu ainda estava com roupa de gestante, não me via, me sentia péssimo – diz ele: – A infecção estava passando, eu estava com sobrepeso. Chegou um momento que eu falei: Não, tem que mudar.

Em junho, o educador de educação física Rô Nascimento descobriu o Canal de Educação Financeira no YouTube, que tem como foco a saúde da mulher no pré e pós-natal. Os exercícios visam modelar o abdômen sem prejudicar a diástase, que ocorre quando os músculos abdominais se afastam à medida que o bebê cresce. Strabason diz que perdeu 5 quilos em seis meses:

– Obtive um bom resultado. Também parei de dores lombares.

Procure aulas online que estão aumentando as epidemias

Como muitos fisioterapeutas, Roberta Nacimento teve que se renovar nas epidemias. Funcionou. O professor viu explodir a necessidade de videoaulas – assim como seu envolvimento nas redes sociais. O número de seguidores em seu Instagram, que girava em torno de 9 mil em fevereiro deste ano, é de cerca de 130 mil hoje. O número de alunos ativos aumentou de 700 para mais de 2.000.

Seu canal, “Diástase Prática”, com a ajuda de psicólogos e nutricionistas, desafia uma abordagem multifacetada para resolver queixas comuns das mães, como sedentarismo, excesso de peso, dores musculares, estresse e ansiedade.

– Tudo começou com a dificuldade que tive em encontrar uma rotina de atividade física voltada para gestantes. O que vejo mais hoje são mulheres tentando fortalecer o sistema “eu posso, eu posso” e transcendendo a si mesmas no exercício físico. Precisamos buscar o corpo ideal sem ultrapassar nosso limite – afirma o profissional.

Para desenvolver o hábito de fazer exercícios, cada pessoa deve começar com uma atividade que lhe dê prazer. Por exemplo, dançar, pular corda, caminhar e fazer ioga valem a pena. A gravidade do procedimento, segundo o profissional, deve ser uma preocupação secundária.

READ  As catástrofes naturais em 2020 vão custar a Portugal mais de 50 milhões de euros