Lisboa, ap.

Devido à epidemia, o número de visitantes dos museus de Lisboa caiu de quase cinco milhões em 2019 para 1,3 milhões em 2020, o que as autoridades pretendem reverter.

Para o efeito, o Departamento de Património Cultural de Portugal incentiva os habitantes locais a visitarem os museus.

Muitos passeios foram modificados para respeitar a distância social e os ingressos agora podem ser comprados online.

Elizabeth Caramelo, diretora de comunicação do Museu da Fundação Gulpenkian em Lisboa, compartilhou uma mensagem semelhante com a Efe.

“Simplesmente veio ao nosso conhecimento então. As pessoas estão usando máscaras, sem problemas ”, disse ele.

O museu recebia 500.000 visitantes um ano antes da epidemia, 90% dos quais eram turistas estrangeiros.

Joaquim Oliveira Zetano, diretor do Museu Nacional de Belas Artes, concorda.

“Está tudo feito: limpeza, desinfecção. Os locais são muito amplos e há desinfetante por toda parte ”, disse ele à Efe.

Num esforço para atrair visitantes, muitos museus e centros culturais de Lisboa oferecem aos hóspedes isenção de um mês do pagamento de entradas.

By Dinis Vicente

"Nerd de TV. Fanático por viagens. Fanático por mídia social aspirante. Defensor do café. Solucionador de problemas."

Leave a Reply

Your email address will not be published.