A etiqueta ‘Selkie’, recuperada pela tripulação do Zoomarine da Praia do Alcarve, morreu depois de tentar retirar grandes quantidades de detritos marinhos do seu estômago.

O anúncio foi feito pelo Parque Temático Guia no domingo, após cinco semanas de tratamento para manter a marca saudável novamente, apesar de múltiplas lesões e problemas de saúde gerais.

A foca, que foi recuperada na Praia do Alcarve a 12 de dezembro, é vista em muitos países há mais de um ano e meio “fora do caminho”. Ao longo do caminho, ingeriu grandes quantidades de detritos marinhos e sofreu vários ferimentos.

O selo foi mantido sob os cuidados de Zomarine por 30 dias e acreditava-se que era uma operação que salvava vidas para remover todos os detritos acumulados em seu trato gastrointestinal.

Os detritos feitos pelo homem removidos do estômago dos animais incluem “dois pedaços de anzol quebrado e os restos de redes de pesca”. Mas, apesar disso, a cirurgia infelizmente falhou, lamentou o Zoomarine.

O parque temático aproveitou a oportunidade para conscientizar sobre a poluição marinha e os perigos que ela representa para a vida marinha, e alerta que muitos animais, como o ‘selgi’, terão o mesmo destino depois de consumirem grandes quantidades de resíduos despejados no mar por humanos.

“Se ingeridas, essas substâncias podem levar a uma morte lenta, dolorosa, injusta e desumana. É tarde demais para o filme ‘Selki’. Não chegamos a tempo”, disse Zoomer.

michael.bruxo@algarveresident.com

Fotos: ZOOMARINE / FACEBOOK

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published.