Contas de apropriação de terras

Essa legislação concede aos grileiros que se apossaram de terras públicas antes de 2014 a chance de reivindicar o título legal da propriedade. O projeto encorajaria novas invasões, mais desmatamento e conflitos de terra, dizem os críticos.

Conta de licenciamento

Acaba com o processo de licenciamento ambiental obrigatório usado para autorizar atividades como agropecuária, mineração e construção de estradas.

Contas ‘anti-indígenas’

Eles propõem a abertura de terras indígenas para barragens, mineração, exploração de petróleo e agricultura industrial, o que colocaria em risco 115 milhões de hectares de floresta protegida e seus povos. Essa legislação foi descrita como o maior retrocesso nos direitos indígenas em décadas.

O ‘pacote de veneno’

Este projeto aprovaria o uso de pesticidas que são proibidos em vários países por causa dos riscos à saúde associados, incluindo o câncer. Na quarta-feira, a Câmara dos Deputados do Brasil apressou-se a aprovar o projeto, que agora será enviado ao Senado.

Conta de caça

Este propõe a legalização da caça para o esporte. O projeto não aborda como as agências ambientais monitorariam e controlariam as espécies e a quantidade de animais mortos, ameaçando ainda mais as espécies ameaçadas.

By

Leave a Reply

Your email address will not be published.